terça-feira, 3 de abril de 2018

MARÇO EXTREMAMENTE CHUVOSO E FRIO.

Março extremamente chuvoso e frio
gelo2018-04-02 (IPMA)

O valor médio da quantidade de precipitação em março, 272 mm, foi cerca de 4 vezes o valor médio mensal e foi o 2º março mais chuvoso desde 1931, com um valor muito próximo de março 2001, 274 mm, o março mais chuvoso desde 1931. Março de 2018 foi ainda, em algumas estações, o mais chuvoso desde o início das respetivas séries.
De acordo com o índice meteorológico de seca PDSI, no final do mês de março, Portugal continental já não se encontra em seca meteorológica. A ocorrência de valores muito elevados da quantidade de precipitação em todo o território do continente, tiveram como consequência o final da situação de seca meteorológica que se verificava desde abril de 2017; apenas uma pequena região no sotavento algarvio ainda se encontra na classe de seca fraca (0.1% do território).
A 31 de março de 2018, 2 % do território estava na classe de chuva severa, 36 % na classe de chuva moderada, 52 % na classe de chuva fraca e 10 % na classe normal.
Março de 2018 foi o mais frio desde 2000, com anomalia da temperatura média de - 1.6 °C.
O valor médio da temperatura máxima do ar, inferior ao valor normal em cerca de 2.6 °C, corresponde ao valor mais baixo desde 2000. O valor médio da temperatura mínima do ar foi inferior ao normal em 0.6 °C; valores da temperatura mínima inferiores aos agora registados ocorreram em 25% dos anos (desde 1931).
Ao longo do mês os valores de temperatura do ar estiveram persistentemente inferiores aos valores médios.


Sem comentários:

Publicar um comentário