quinta-feira, 27 de abril de 2017

Vítor Frade é a mente mais brilhante, escreve o New York Times

Vítor Frade é a mente mais brilhante, escreve o New York Times: O pai da periodização tática, mentor de Mourinho, Villas-Boas ou Brendan Rodgers, despertou o interesse de um dos maiores jornais do mundo

Enquanto Dormia por David Diniz, Director do Público


P
 
 
 
David Dinis, Director
 
 
 
 
 
27 DE ABRIL DE 2017
 

Uma guerra ao superjuiz// Um convite para Bruxelas// E uma entrevista de Marcelo

f
t
g
in
 
A Venezuela decidiu sair da Organização de Estados Americanos. Nicolas Maduro não gostou de ser criticado.
Donald Trump fez marcha atrás. O Presidente americano ameaçou romper com o acordo de comércio livre com o México e o Canadá, mas bastaram umas horas para dizer que só quer uma renegociação. Pelo meio, viu a sua proposta de redução de impostos para os ricos levantar uma onda de críticas contadas pelo The Guardian.
Um aviso para Kim: os EUA testaram um míssil balístico no Pacífico, percorrendo 6800 quilómetros. Esta noite, um grupo de senadores foi à Casa Branca conhecer a “ameaça muito grave” representada por Pyongyang. Para já, o discurso oficial é de pressão económica e diplomática, diz a BBC.
Um ataque aéreo na Síria, esta manhã, procovou explosões fortes junto ao aeroporto de Damasco. A responsabilidade terá sido de Israel, procurando atingir uma posição do Hezbollah. A notícia está aqui em actualização.
O Parlamento Europeu levantou a imunidade de Le Pen. Mas a candidata da Frente Nacional não será ouvida jásobre um desvio de fundos - pelo menos não antes da segunda volta das presidenciais. Ontem, Le Pen preparou uma "emboscada" a Macron. E foi à procura dos votos da esquerda de Melénchon.
Notícias de esperança? Sim, nos Himalaias. Um montanhista foi encontrado 47 dias depois de se ter perdido, num desfiladeiro a 2600 metros de altitude.

As notícias do dia  

Na nossa manchete está uma guerra aberta pelo director da PJ ao superjuiz Carlos Alexandre. A história passa pela legalização de uma cidadã brasileira, namorada de um narcotraficante. Carlos Alexandre criticou Almeida Henriques e este reage assim: “O juiz não sabe o que está a dizer. Desconhece a lei e faz comentários completamente desajustados”. As cenas dos próximos capítulos passam por uma queixa no Conselho Superior de Magistratura. 
Ainda na Justiça, anote a história de uma mala com 1,5 milhões de euros. São novos documentos do processo BPN/Dias Loureiro, mostrando mais indícios que levaram o MP a investigar o ex-ministro de Cavaco, contados pelo Observador
Novidade: vamos ter menos 1000 presos. As mudanças a caminho no Código de Processo Penal vão deixar quem tem penas mais leves a cumprir pena em casa, diz o JN.
E na segurança (ou falta dela), eis um problema sério20% dos organismos públicos reconhece falhas de segurança informática.
Agora uma solução: Bruxelas quer dar mais direitos a pais e mães, com incentivos a uma melhor organização entre trabalho e família. As ideias que fazem caminho estão aqui contadas
Talvez pensando nisso, o Governo decidiu dar tolerância de ponto para o dia da visita do Papa a Portugal. Mas há um deputado do PS que estranha a decisão (e outros à esquerda também, anota a TSF).
O que o Governo vai dar é um bónus salarial para os serviços mais poupados. A notícia é do Jornal de Negócios.
Já que falamos de economia: o Governo levou um investidor e consultores a Bruxelas para discutir o "banco mau". Como explica a Cristina Ferreira, o Novo Banco, a CGD, o BCP e o Montepio têm em carteira 85% dos activos sem rentabilidade que estão a contaminar as contas do sistema.
Ontem, o BPI mudou de mãos e de estratégia (mostrando contas ainda prejudicadas por Angola); o Santander mostrou saúde; e o ministro das Finanças lá lançou a atrasada auditoria à Caixa - que vai ter as Juntas de Freguesia a servir de balcões.
Dito isto, Marcelo diz que o pior na banca já passou. Numa entrevista à Antena 1, o Presidente diz que o problema maior é, agora, a economia. Mas também falou de Passos Coelho, admitindo a sua continuidade no PSD.
Passos, esse, apontou baterias a Costa, acusando-o de violar um acordo antigo. E Costa aponta o indicador às contas públicas, ainda com números no verde.

Para nos pôr a pensar

1. Uma entrevista a Margarida Marques. A secretária de Estado dos Assuntos Europeus é a convidada do PÚBLICO e Renascença, falando sobre o apoio declarado do Governo a Emmanuel Macron, para a segunda volta das presidenciais. "Não é um apoio a Macron. É uma preocupação com Le Pen", corrige Margarida Marques, falando também das semelhanças entre os "não programas" de Le Pen e de Melénchon - e das proximidades e distâncias que vê no PCP e Bloco, cá por Portugal. Na Hora da Verdade, passou-se também pelo roteiro do Brexit, que o Conselho Europeu lançará este sábado; assim como pelo relatório sobre a dívida, que o Governo e a esquerda se preparam para apresentar amanhã: "O debate das dívidas tem que ser aberto na Europa" - nesta legislatura, espera Margarida Marques.
2. O regresso de Isaltino - e outros dinossauros. Foi um relvado cheio para aplaudir Isaltino, conta a Maria João Lopes, na reportagem onde conta como foi o dia em que o político voltou à sua praia. Não é caso único. E aqui também falam Narciso Miranda, Avelino Ferreira Torres e Fernando Costa. Ao todo, conta a Sónia Sapage, há 23 regressos já contados no caminho das próximas autárquicas - 12 dos quais a representar um risco para o PS. Não tudo são rosas, verdade?
3. Morreu um dos últimos "autores" discretos do cinema americano. Jonathan Demme, realizador de O Silêncio dos Inocentes e de Filadélfia, deixa uma carreira que se interessou pela humanidade dos pequenos quotidianos e se repartiu pela ficção, música e documentário. O obituário é do Jorge Mourinha - aqui acompanhado pelas cinco entradas no mundo de Jonathan Demme, abertas pelo Vasco Câmara.
4. Foi encontrado um alien vivo? Calma, é só um bivalve gigante. Vive em ambientes lamacentos, é gelatinoso e já se sabia da sua existência. Mas nunca tinha sido observado vivo. Agora em águas das Filipinas foram descobertos vários exemplares do bivalve Kuphus polythalamia, que é um perfurador de madeira. Ora conta lá isso, Teresa Serafim.

Hoje na agenda

  • O Conselho de Ministros reúne-se em Peniche, para assinalar a libertação dos presos políticos em 1974;
  • PCP e BE levam a debate o trabalho por turnos, pedindo ao Governo melhores pagamentos;
  • É dia de apresentação de resultados para a NOS, Impresa e BPI;
  • E de Conselho de Governadores do BCE.

Só mais um minuto

O nosso Life&style anda pelo mundo da moda a ver as últimas tendências. E chegou à conclusão que a ganga andou uma década para trás. Hoje, é assim que se usa. E assim também- mas neste caso com uma certa polémica.
Para combinar, a Catarina declarou rei morto, rei posto: "Cheguem-se para lá Stan Smith, estes ténis chegaram para ficar!" 
Mas, afinal, quais são as marcas favoritas dos millenials? A Bloomberg responde - com um par de surpresas pelo meio.
Surpresas é que teremos, por certo, ao longo do dia aqui no PÚBLICO. Surpresas e notícias, porque essas nunca param. Já sabe, contamos com a sua companhia.
Dia feliz e produtivo para si! Até já!
 
 
 

360º - Bom dia . por Miguel Pinheiro

360º

Por Miguel Pinheiro, Diretor Executivo
Bom dia!
Enquanto dormia...Na Síria: esta manhã deu-se uma "enorme explosão" perto do aeroporto de Damasco. Tudo indica ter sido um ataque de Israel a um complexo de armazéns do Hezbollah.

Na Venezuela: o regime de Nicolás Maduro anunciou que o país vai deixar a Organização de Estados Americanos, como protesto contra o "intervencionismo e o ingerencismo" dos vizinhos. Ontem, morreu o 28.º manifestante anti-governo, atingido por uma bomba de gás lacrimogéneo.

Na Coreia do Norte: os Estados Unidos aumentam a pressão política - Trump chamou todos os 100 senadores americanos à Casa Branca para lhes falar sobre a "gravidade da ameaça" de Pyongyang - e militar - os EUA testaram um míssil intercontinental no Oceano Pacífico.

Em França: Emmanuel Macron já deve ter percebido como vai ser esta segunda volta contra Marine Le Pen. A candidata da Frente Nacional antecipou-se ao centrista na visita a uma fábrica e o ex-ministro da Economia acabou apupado pelos trabalhadores. Detalhe importante: tudo aconteceu em Amiens, onde Macron nasceu. Além disso, a esquerda está a ter dificuldade em engolir este sapo chamado Macron.


Informação relevanteOntem, o dono do cão que atacou uma criança de 4 anos ficou sujeito a termo de identidade e residência. Ao JN, Márcio Lourenço diz que o cão, "tal como a menina, também não tem culpa nenhuma" e afirma que pediu desculpa ao pai.

Só em 24 horas, houve três incidentes graves. O último aconteceu ontem, em Ílhavo, com uma criança de três anos a ser mordida na cara por um cão de Fila de São Miguel.

Quais são as raças que a lei considera perigosas? Que destino é dado aos animais que ferem pessoas? São 9 perguntas e respostas sobre o tema mais controverso dos últimos dias, em mais um Explicador que o ajuda a descodificar a realidade.

O Governo decidiu dar tolerância de ponto a toda a função pública no dia 12 de maio. Porquê? Por uma razão evidentíssima: porque é o dia em que o Papa chega a Portugal. Parece-lhe um tema controverso? Nada disso: todos os partidos parecem estar de acordo, incluindo o muito laico Bloco de Esquerda.

Até agora, só se ouviu uma crítica. Tiago Barbosa Ribeiro, deputado do PS, considerou a medida um “erro especialmente disparatado”.

O Presidente da República tem uma opinião sobre o PSD. Numa entrevista à Antena 1 que é emitida hoje de manhã, Marcelo Rebelo de Sousa aceitou comentar a liderança do partido, o que é pouco comum num Chefe de Estado, para dizer que admite a continuidade de Passos Coelho à frente do PSD depois do próximo congresso. Além disso, deixou uma crítica ao anterior governo, por causa da forma como lidou com a crise na banca; e uma ao atual, pela falta de crescimento económico.

Do debate quinzenal de ontem no Parlamento saiu...
... um trauma: António Costa diz que ainda não há condições políticas para fazer um novo referendo à regionalização "sem cometer os mesmos erros do passado";
... uma diferença linguística: Jerónimo acha que há "contradições" entre a UE e o crescimento, mas Costa prefere chamar-lhes tensões;
... uma acusação: o CDS diz que o Governo só consegue resultados através de cativações orçamentais, enquanto Costa afirmou, com o seu característico optimismo, que viver com cativações  "é muito bom" (e hoje o Negócios explica porque é que é "bom": os funcionários públicos que ajudem as suas equipas a atingir metas de redução de despesa vão ser premiados);
... uma denúncia: Passos Coelho voltou a falar dos nomes vetados pelo governo para o Conselho de Finanças Públicas e lembrou que “Quem se mete com o PS leva”.

Quais são esses nomes aparentemente tão desqualificados que mereceram um veto do Governo? São Luís Vitório e Teresa Ter-Minassian e foram propostos pelo Banco de Portugal e pelo Tribunal de Contas. Conheça os seus currículos (longos) aqui.

E já agora: quais são os motivos exactos para o governo vetar os nomes? António Costa não explicou, como lembra o Vítor Matos na crónica do debate de ontem.

Vai finalmente avançar a auditoria independente à CGD. O anúncio foi feito ontem por Mário Centeno no Parlamento. A auditora escolhida tem 15 semanas para apresentar conclusões.

Do último 25 de Abril, sai um processo judicial: o fotógrafo Alfredo Cunha vai pôr a Juventude Popular em tribunal por ter usado sem autorização a sua imagem icónica de Salgueiro Maia. "Nunca autorizaria para o CDS. Primeiro, porque politicamente não tenho nada a ver com o CDS, nem gosto. Depois, porque não quero que o retrato sirva para propaganda política. Ainda por cima com aquele paleio!"

O diretor da PJ vai apresentar uma queixa contra o juiz Carlos Alexandre no Conselho Superior da Magistratura. Tudo por causa de um comentário crítico feito pelo juiz, durante um interrogatório, a uma recompensa dada pela polícia a um informador. A notícia é do Público.

Duas notícias importantes dos Estados Unidos, com impacto na economia:
A história é contada pela CNN, que encontrou Islam Mitat algures na Síria. Esta marroquina conheceu o noivo na Internet e casaram. Ele parecia-lhe um “homem normal”, mas ela rapidamente acabou na Síria, refém do Estado Islâmico.


A nossa Opinião

José Manuel Fernandes escreve sobre "o esquerdismo infantil de Francisco Louçã, hoje como sempre": "A nossa extrema-esquerda não consegue apelar ao voto em Macron contra Le Pen. Nisso está com Mélenchon. Para Louçã fazê-lo seria mesmo uma "precipitação". O Bloco não suja as mãos apoiando banqueiros".

Maria João Avillez escreve sobre o Presidente: "Actuar assim, como Marcelo fez ao correr para o aeródromo de Tires, é exibir perante o país que nunca o Presidente tem em mãos um assunto, uma reflexão, cuja complexidade o impeça de sair porta fora".

Helena Garrido escreve sobre "os riscos dos erros e incompetências na governação": "A primeira década do século XXI foi para Portugal rica em ilusões que se traduziram numa pesada factura. Resta-nos esperar que estes últimos dois anos não estejam a agravar a conta já muito elevada".

Paulo Tunhas escreve sobre "o mundo aos pedaços": "Ninguém se incomoda com a esquerda se considerar dona do país e agir em conformidade com esse título de proveniência duvidosa, procurando abafar tudo o que represente independência e contra-poder".


Os nossos EspeciaisNovos documentos do processo BPN/Dias Loureiro revelam mais indícios que levaram o Ministério Público a investigar o ex-ministro de Cavaco Silva. O Luís Rosa conta uma longa história que inclui dinheiro vivo, offshores, um líbio e até um colaborador de Trump.


Notícias surpreendentes

Hoje estreia "Fátima", de João Canijo, e Eurico de Barros dá-lhe cinco estrelas: "Vai ocupar um lugar especial, pelo método de elaboração e pelo ponto de vista, pela ponta inédita em que pega e pela qualidade dramática, pelo peso de verismo e pela isenção de parti pris e de julgamento, na filmografia nacional dedicada ao fenómeno fatimista".

 mais dois filmes para ver esta semana: “O Círculo”, com Emma Watson, é um "thriller" sobre a a ameaça de totalitarismo digital de uma mega-empresa que é uma espécie de Microsoft, Facebook, Google e Yahoo concentradas; “Guardiões da Galáxia, Vol. 2” traz mais "aventuras gozonas" no cosmos.

O Out Jazz está quase a regressar aos jardins e praças de Lisboa. O cartaz completo está aqui.

O Barca Velha 2008 recebeu uma distinção inédita da Wine Enthusiast. A revista deu-lhe 100 pontos em 100 possíveis. Leia a história deste vinho mítico.

O arquiteto I. M. Pei fez ontem 100 anos e nós lembramos as suas 13 obras mais emblemáticas, da Pirâmide do Louvre ao Museu de Arte Islâmica do Qatar.

Antes de acabar, fique com três quebra-cabeças sugerido por um mágico britânico. Veja lá se os consegue resolver.

Conseguiu? Parabéns. Comece então bem o dia e vá passando por aqui, onde tem todas as notícias.
Até já!

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Top 10 DEADLIEST Roller Coasters YOU WONT BELIEVE EXIST!

Inside the Cruise Ship During Storm - Compilation

BIGGEST Norwegian Ships 2 - NCL Norwegian Joy Escape Breakaway Getaway E...

The MOST DANGEROUS and EXTREME RAILWAYS in the World!! Compilation of In...

O lanche das formigas


CLIQUEM EM CIMA DA FOTO E ELA SURGIRÁ AMPLIADA.
Formigas lanchando: Bolo húmido e pedacinhos de bolachas.
Serviço ao domicílio a 3 cms da entrada da toca.

O problema É o "PÓS 25 de Abril" - está tudo errado! Ora leiam com atenção...


O 25 DE ABRIL…..

O problema não é o 25 de Abril: temo que convir que o país estava atrasado face à Europa e apesar da primavera Marcelista pouco ter mudado. Havia muita pobreza, atraso, analfabetismo, poucos cuidados médicos e pouco desenvolvimento industrial e terciário.

O problema foi (É) o pós 25 de Abril.

  • Errado foi o desrespeito pelos nossos valorosos soldados, irmãos, pais, filhos, tios e primos de muitos portugueses que deram a vida ou que defenderam territórios legitimamente conquistados pelos antepassados portugueses.
  •  
  • Errado foi o abandono de alguns milhões de portugueses à sua sorte, alguns assassinados com o patrocínio de comunistas e socialistas que entretanto ocuparam o poder.
  •  
  • Errado foi ainda hoje permitirmos os comunistas neste governo QUE PERDEU AS ELEIÇÕES.
    • Comunistas que tentaram "oferecer-nos" de bandeja como satélite da URSS. Essa gente, relembro, está no poder hoje! Como estão as filhas de um assassino e assaltante de bancos, um execrável que agora vive de uma reforma dourada e vê as filhas do bloco sanitário de esquerda no poder, vingando-se do que não deixaram o "paizinho" fazer.
  •  
  • Errado é termos uma classe política que engorda, engorda, engorda e goza connosco.
  •  
  • Errado é pensarmos que agora sim, estamos no caminho certo, tendo um governo de novo a enterrar-nos (por muito que disfarcem, o algodão - dívida pública - não engana), um governo liderado por um partido cujas acções nos trouxeram sempre a bancarrota.
  •  
  • Errado é assistirmos às benesses daquela função pública parasita, dos gabinetes, fundações, ministérios, "profissionais" do desperdício e do obscurantismo, que nada acrescentam para além de burocracia (descubram quantos funcionários pululam nos ministérios lisboetas).
  •  
  • Errado é percebermos largamente a adesão total de corrupção do Estado e não nos incomodarmos.
  •  
  • Errado é o quase impraticável surgimento de alternativas políticas aos partidos do costume, todos lisboetas e cuja visão do país é apenas o que observam do seu postiguinho do terreiro do paço.
  •  
  • Errado num país com cada vez menos portugueses é errado termos grávidas a pagar consultas e aquelas que optam pelo aborto a terem tudo de borla.
  •  
  • Errado é recebermos "refugiados", invasores e muçulmanos que odeiam o nosso modo de vida ocidental, dar-lhes todas as condições (até terras agora lhes querem dar) e um casal em início de vida (sobre)vive, com sorte com dois salários mínimos e muitas vezes partilhando casa dos pais porque os bancos só emprestam dinheiro (A FUNDO PERDIDO) a fulanos como um cadastrado, por hoje presidente de um clube de futebol lisboeta, que além de não pagar os milhões que sacou, ainda lhe vê perdoarem essas dívidas. O casal ficaria logo sem casa...
  •  
  • Errado foi termos assistido ao assassínio de Sá Carneiro e Amaro da Costa e ainda hoje não se saber que os mandou assassinar.
  • Errado é termos hoje um DEMOCRACIA CENTRALISTA E LISBOETA-COLONIALISTA em que as "regiões", consagradas na lei fundamental mas nunca postas em vigor, permitem nesse vazio o esbulho por Lisboa, dos seus direitos e verbas comunitárias.
  • Errado é ter como segunda figura de estado um fulano que diz "cagar-se para a (...) justiça".
  •  
  • Errado é percebermos que o jornalismo livre é uma miragem e apenas repassa as ideias da extrema-esquerda no poder.
  •  
  • Errado é termo um ex. primeiro ministro à solta depois de tudo o que nos fez e daquilo que se sabe como se "abonou".
  •  
  • Errado é andarmos a pagar por bancos falidos e os seus antigos administradores e gestores passarem pelo meio das pingas.
  •  
  • Errado é termos políticos reformados e com mordomias absurdas ao fim de duas legislaturas.
  •  
  • Errado é termos um presidente da república que mais parece uma barata tonta, deslocando-se para todos locais como aqueles jornalistas daquele jornal sensacionalista, esquecendo-se que isso, além de ridículo, esvazia o conceito do cargo, que, por sua vez mais parece o de assessor do governo da extrema-esquerda.
  •  
  • Errado é começarmos a perceber que, por força das mordaças desta coisa que está no poder, que repito, perdeu umas eleições que até o Pato Donald venceria, a democracia está cada vez mais atrofiada.
Errado! Tudo errado! 

Cada vez mais errado. Mais uma vez, os portugueses estão a passar ao lado da história, preferindo o encolher de ombros à acção democrática e livre! 25 de Abril? 
Afinal celebrar o quê?

Por Kosta do Alhabaite



BPI com prejuízos de 122,3 milhões no primeiro trimestre

BPI com prejuízos de 122,3 milhões no primeiro trimestre

Ikea responde a Balenciaga. Para quê uma cópia, se pode ter o original

Ikea responde a Balenciaga. Para quê uma cópia, se pode ter o original

Pinto da Costa de surpresa na Cidade do Futebol

Pinto da Costa de surpresa na Cidade do Futebol: Presidente do FC Porto entrou nas instalações na altura em que Bruno de Carvalho e Fernando Gomes estão reunidos

terça-feira, 25 de abril de 2017

BIBLIOTECA MUNDIAL DA ONU

BIBLIOTECA MUNDIAL DA ONU
 


 PRESENTE DA UNESCO PARA A HUMANIDADE INTEIRA !!!

Já está disponível na Internet, através do site 

www.wdl.org

É uma notícia QUE NÃO SÓ VALE A PENA REENVIAR COMO É UM DEVER ÉTICO, FAZÊ-LO!

Reúne mapas, textos, fotos, gravações e filmes de todos os tempos e explica em sete idiomas as jóias e relíquias culturais de todas as
bibliotecas do planeta.


"Tem, sobre tudo, carácter patrimonial" , antecipou em LA NACION
Abdelaziz Abid, coordenador do projecto impulsionado pela UNESCO e outras 32 instituições. A BDM não oferecerá documentos correntes, a não ser "com valor de  património, que permitirão apreciar e conhecer melhor as culturas do mundo em idiomas diferentes: árabe, chinês, inglês, francês, russo, espanhol e português. Mas há documentos em linha em mais de 50 idiomas".
Entre os documentos mais antigos há alguns códices  pré-colombianos, graças à contribuição do México, e os primeiros mapas da América, desenhados por Diego Gutiérrez para o rei de Espanha em 1562", explicou Abid.

Os tesouros incluem o Hyakumanto darani , um documento em japonês publicado no ano 764 e considerado o primeiro texto impresso da história; um relato dos azetecas que constitui a primeira menção do Menino Jesus no Novo Mundo; trabalhos de cientistas árabes desvelando o mistério da álgebra; ossos utilizados como oráculos e esteiras chinesas; a Bíblia de Gutenberg; antigas fotos latino-americanas da Biblioteca Nacional do Brasil e a célebre Bíblia do Diabo, do século XIII, da Biblioteca Nacional da Suécia.

Fácil de navegar:

Cada jóia da cultura universal aparece acompanhada de uma breve
explicação do seu conteúdo e seu significado. Os documentos foram
passados por scanners e incorporados no seu idioma original, mas as explicações aparecem em sete línguas, entre elas O PORTUGUÊS. A biblioteca começa com 1200 documentos, mas foi pensada para receber um número ilimitado de textos, gravados, mapas, fotografias e ilustrações.

Como se acede ao sítio global?

Embora seja apresentado oficialmente  na sede da UNESCO, em Paris, a Biblioteca Digital Mundial já está disponível na Internet, através do sítio:

http://www.wdl. org/

O acesso é gratuito e os usuários podem ingressar directamente pela Web , sem necessidade de se registarem.

Permite ao internauta orientar a sua busca por épocas, zonas
geográficas, tipo de documento e instituição. O sistema propõe as
explicações em sete idiomas (árabe, chinês, inglês, francês, russo,
espanhol e português), embora os originas existam na sua língua
original.

Desse modo, é possível, por exemplo, estudar em detalhe o Evangelho de São Mateus traduzido em aleutiano pelo missionário russo Ioann Veniamiov, em 1840. Com um simples clique, podem-se passar as páginas de um livro, aproximar ou afastar os textos e movê-los em todos os sentidos. A excelente definição das imagens permite uma leitura cómoda e minuciosa.

Entre as jóias que contem no momento a BDM está a Declaração de
Independência dos Estados Unidos, assim como as Constituições de
numerosos países; um texto japonês do século XVI considerado a
primeira impressão da história; o jornal de um estudioso veneziano que acompanhou Fernão de Magalhães na sua viagem ao redor do mundo; o original das "Fábulas" de Lafontaine, o primeiro livro publicado nas Filipinas em espanhol e tagalog, a Bíblia de Gutemberg, e umas pinturas rupestres africanas que datam de 8.000 A.C.

Duas regiões do mundo estão particularmente bem representadas:
América Latina e Médio Oriente. Isso deve-se à activa participação da Biblioteca Nacional do Brasil, à biblioteca de Alexandria no Egipto e à Universidade Rei Abdulá da Arábia Saudita.

A estrutura da BDM foi decalcada do projecto de digitalização da
Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, que começou em 1991 e actualmente contém 11 milhões de documentos em linha.

Os seus responsáveis afirmam que a BDM está sobretudo destinada a investigadores, professores e alunos. Mas a importância que reveste esse sítio vai muito além da incitação ao estudo das novas gerações que vivem num mundo audio-visual.
www.wdl.org
The World Digital Library provides free access to manuscripts, rare books, maps, photographs, and other important cultural documents from all countries and cultures, in Arabic, Chinese, English, French, Portuguese, Russian and Spanish.

Braga oficializa saída de Jorge Simão em comunicado

Braga oficializa saída de Jorge Simão em comunicado: Clube minhoto divulgou um comunicado a explicar a saída de Jorge Simão do comando técnico.

Cão que atacou criança em Matosinhos foi recolhido e dono está detido

Cão que atacou criança em Matosinhos foi recolhido e dono está detido: O dono do cão de raça Rottweiler que, esta terça-feira, feriu com gravidade uma criança de quatro anos em Matosinhos foi detido pela PSP e o animal já foi recolhido no canil municipal.